segunda-feira, 22 de março de 2010

Pen drives loucos e fofos

Produzido pela OOMS, o pendrive em formato de tronco de madeira é comercializado na Europa.

 
 
 Para quem quer pregar uma peça em alguém , o pen drive em formato de "dedo arrancado" é uma boa opção.


 A joalheria israelense U3 fez uma edição limitada, feita à mão, de pen drive USB banhado à ouro 14 quilates. O gadget, que custa cerca de 2 mil dólares, é considerado um dos mais caros do mundo.


 
 Com design minimalista, o USB em formato de pregador de madeira é prático para quem costuma perder as tampinhas de pen drive.


 
Para os cervejeiros de plantão, fica o aviso: o líquido no pen drive da Budweiser é apenas decorativo. Aliás, provavelmente estará quente, em função do uso do equipamento.

Com a tecnologia micro pump, este dispositivo de armazenamento infla ou desinfla conforme a quantidade de dados do pen drive.


Custando cerca de 30 dólares, o pen drive, em formato de peças de Lego, tem uma espécie de alça para pendurar em um chaveiro.

 
O pen drive em formato de batom tem 2 GB de capacidade e detalhes brilhantes, semelhantes à lantejoulas. Além disso, o Lipstick USB é a prova de choque, fogo e água.


O USB Grenade Flash Drive tem 8 GB de capacidade e interface 2.0. O gadget está disponível em sites especializados, como o ThinkGeek, por cerca de 25 dólares.


O Donut USB Drive é vendido em vários "sabores" como morango e chocolate. No site da Amazon, um pen drive destes com 2 GB de capacidade, pode ser encontrado por 25 dólares.


O Bear USB Driver é um pen drive no formato de urso. Para poder armazenar arquivos, é preciso arrancar a cabeça do urso, para que a ponta USB fique à mostra.


O Kyoto CatBar é feito à mão e conta com o mesmo material utilizado na produção de kimonos.


Comercializada nas versões "Mestre Jedi" (verde) e "Darth Vader" (vermelha), os pen drives em formato de luz custam cerca de 20 dólares. Após conectar o gadget no computador, a luz do sabre é acesa.

1 comentários:

O pensador disse...

Muito bala, maravilhoso.

Postar um comentário